Publicações

Relatórios

Campeões em produção, campeões em desenvolvimento? Uma análise dos indicadores socioeconômicos em territórios de produção da soja no Brasil

Campeões em produção, campeões em desenvolvimento?
Uma análise dos indicadores socioeconômicos em territórios de produção da soja no Brasil 

Arilson Favareto, Louise Nakagawa, Lucas Silva, Thiago Morello e Bruna Fernandes

No intervalo de poucas décadas o Brasil deixou de ser um país deficitário na produção de alimentos para tornar-se um dos maiores exportadores do mundo (Vieira et al. 2019). Nesse panorama, a soja vem se tornando o principal produto, tanto no que diz respeito à área plantada quanto à sua participação nas exportações (Embrapa, 2021). Em trinta anos, a área cultivada com o grão cresceu mais de 200%, enquanto a produção aumentou cerca de 500% (Embrapa, 2019). Em 2018, o valor total exportado ultrapassou os US$ 40 bilhões (Agrostat, 2018), e no ano de 2019, foram plantados em torno de 36 milhões de hectares de soja. Aproximadamente 70% dessa produção é exportada (Trase, 2019; Soterroni et al., 2019).

Acesse o Relatório

Champions in production, champions in development?  An analysis of socioeconomic indicators in soy production territories in Brazil

Champions in production, champions in development?
An analysis of socioeconomic indicators in soy production territories in Brazil  

Arilson Favareto, Louise Nakagawa, Lucas Silva, Thiago Morello and Bruna Fernandes

For a few decades, Brazil went from being a country with a deficit in food production to one of the world’s largest food exporters (Vieira et al. 2019). In this context, soy has become the main product planted and exported (Embrapa, 2021). In 30 years, the area planted in soy has grown by more than 200%, while production increased by around 500% (Embrapa, 2019). In 2019, around 36 million hectares of soy were planted (4.3% of the Brazilian territory), and the total amount exported surpassed US$ 40 billion in 2018 (Agrostat, 2018, Trase, 2019; Soterroni et al., 2019) – approximately 70% of production is exported. Around 50% of the total amount of soy is cultivated in the Cerrado, and 14% in the Legal Amazon (MapBiomas, 2021).

Report (english version)

Relatório Inclusão Produtiva no Brasil Rural e Interiorano 2022 - Cebrap Sustentabilidade

Relatório sobre Inclusão Produtiva no Brasil Rural e Interiorano

O Cebrap Sustentabilidade, em parceria com as Fundações Arymax e Tide Setubal e com o Instituto humanize, tem a enorme satisfação de trazer a público o primeiro Relatório Anual sobre Inclusão Produtiva no Brasil Rural e Interiorano.

O objetivo desta iniciativa é oferecer a pesquisadores, lideranças de organizações da sociedade civil e do setor empresarial e a gestores públicos, a cada ano, um conjunto de evidências e reflexões que possam melhorar a qualidade das iniciativas voltadas a inclusão econômica de pessoas e regiões vulneráveis do Brasil rural e interiorano.

Acesse o Relatório.

O Núcleo de Pesquisa e Análises sobre Meio Ambiente, Desenvolvimento e Sustentabilidade – cujo nome abreviado é Cebrap Sustentabilidade – dedica-se à produção de conhecimentos voltados a favorecer formas inovadoras de tratamento do tema ambiental e que estejam sintonizadas com os principais avanços realizados pela comunidade científica nacional e internacional.
Rua Morgado de Mateus, 615 – Vila Mariana, São Paulo – SP, Brasil
sustentabilidade@cebrap.org.br